Treino na pista após corrida na trilha

IMG_7920
Cansaço, pós treino longo!

Bom dia, pessoal!

 

Após 15 dias, fazendo a corrida longa em trilha, senti muita diferença quando fui fazer o longo na pista. Principalmente, porque eu me despreocupei em ficar acompanhando meu pace. Senti mais cansaço, porém descobri que é porque eu também estava forçando mais a passada.

 

IMG_7919

Tarde no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande – MS

Na trilha, o pace é tão diferente da corrida de rua, que eu até fiquei um pouco perdida no último longo que fiz no Parque das Nações Indígenas. Achei que estava exausta, sem fôlego, morrendo, quando na verdade, o treino e a corrida na trilha acabaram me dando mais força e preparo. O cansaço era resultado de que eu estava conseguindo diminuir o pace e aumentar a distância.

Fiz 7km em 6’23”. Para muitos, uma pangaré. Para mim, quase Bolt! rsss

IMG_7927
Entardecer no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande – MS

Agora, o professor Diego Arruda, da equipe Top Run está começando a aumentar minha distância. Ele já deixou um recadinho no treino do próximo sábado, onde terei de correr 8km.

Vamos começar o preparo para a São Silvestre!

Quem mais vai estar lá?

(Escrito por @brunamaededoisrun)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s