De 5k em 5k, a gente chega lá!

image

Bom diaa! Após uma semana me recuperando de um resfriado bem forte, a semana começou mais quente aqui em Campo Grande – MS. E vou contar um pouco de como foi o meu treino na manhã desta terça-feira, para incentivar as mamães que também querem começar a correr.

Para quem ainda não sabe, eu e a Maira corremos com o auxílio do educador físico Diego Arruda, da Top Run. Diego (@diegoarrudapersonal), além de ser um excelente profissional, corre como ninguém, e já subiu no pódio dezenas de vezes! Então, eu, particularmente, acho ótimo treinar com quem entende, na prática, tudo o que sentimos no treino, na corrida, no tempo, etc.

O treino da equipe Top Run ocorre três vezes por semana (terça, quinta e sábado), saindo da lagoa do Parque das Nações, aqui em Campo Grande.

Hoje, a planilha determinava o seguinte: aquece 1k/ 3 x 800m moderado por 200m leve (caminhando ou trotando) / 1k desaquecendo, totalizando 5 quilômetros, em Z2.

O Z2 significa que o ritmo da corrida, para mim, tem de ser médio. E na tabela consta qual é o tempo por quilômetro que  eu tenho de correr, ou a velocidade (caso a corrida ocorra na esteira). Cada pessoa, terá um tipo de Z2, conforme seu ritmo na corrida.

O Treino da Mamãe Bruna

O treino hoje foi tenso. Rsss Eu não minto. Meu psicológico sai destruído deste tipo de treino (intercalado). Parece que eu quero correr, e as pernas não acompanham. Que dirá a respiração, que ainda está ofegante, após o resfriadão. Mas sei o quanto este tipo de treino é excelente para que baixemos o nosso tempo e melhoremos nosso ritmo.

A meta era essa: eu tinha de manter um ritmo entre 5′ e 5’30” durante os tiros de 800 metros. Não consegui. hahahaha Foi de 5’16” a 5’56”. Poderia ficar aqui lamentando, falando o quanto é difícil pra mim, e mais um monte de mimimi. Mas não consigo ser assim. Missão dada, tem de ser cumprida!

No final do treino, é claro, fico brava comigo. “Frustrante”, foi o que disse que senti para o Diego, em razão do cansaço. Ele logo me corrigiu: “Você tem de cansar mesmo!” Minha cabeça primeiro martelava que não havia dado o meu máximo, que poderia ter corrido mais rápido. Sou minha maior inimiga: julgo e já me condeno. Mas no fundo, depois da frustração, lembro que não se trata de “moleza” ou “frescura”. Fui no limite do meu corpo. Dei o meu máximo sim.

Então, os três tiros de 800m ficaram assim (velocidades mínima e máxima alcançadas): 1º tiro – 5’29” a 5’48″/2º –  5’28 a 5’42″/3º tiro – 5’16 a 5’56”. E sei lá por que, meu aplicativo afirma que eu atingi a velocidade máxima de 2’05”, em determinado ponto da corrida (coloquei até na foto). Eu já estou achando que é erro tecnológico isso. hehehehe

Outro ponto legal para compartilhar com as mamães é que eu tenho um sério problema postural. E o Diego tem puxado minhas orelhas para corrigir isso. Não fazia ideia do quanto vamos mais rápido, quando acertamos nossa postura. A passada fica bem mais bonita e confortável.

Mamães… ainda estou iniciando na corrida, mas já bati uma meta: correr 5km menos de 30 minutos. Agora, a meta é fazer 5km em 25 minutos.  De 5k em 5k, um dia eu chego lá! Vamos conosco?

(Escrito por @brunamaededoisrun)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s